Bem-vindo a página do DFTE! O semestre 2011.2 teve início em 08 de Agosto.

 

O DFTE


O Departamento de Física Teórica e Experimental (DFTE) UFRN surgiu em 1965 com o nome de Instituto de Física . Em 1970 foi criado o curso de Física nas modalidades Bacharelado e Licenciatura, contando na época com cinco professores. A partir de 1974, com a mudança do nome para Departamento de Física Teórica e Experimental, esta unidade acadêmica passou a fazer parte do Centro de Ciências Exatas e Naturais, hoje Centro de Ciências Exatas e da Terra (CCET).

Ao longo dos últimos 44 anos, o DFTE evoluiu para a consolidação dos grupos de pesquisa, a saber:

• Física da Matéria Condensada (Téorica e Experimental);
• Física Estatística e Sistemas Complexos;
• Astronomia;
• Física de Materiais;
• Ensino de Física.

No que se refere ao seu quadro de recursos humanos, o Departamento conta com 37 professores,todos com nível de doutorado, e 11 servidores técnico-administrativos.Desde sua fundação o DFTE teve participação decisiva na formação de um grande número de Bacharéis e Licenciados em Física, como também Mestres e Doutores, além de ter contribuído na formação básica de Física de muitos cursos de graduação da UFRN, notadamente do Centro de Tecnologia (CT) e do CCET.

Vários membros do DFTE têm contribuído ativamente na gestão administrativa da UFRN, tendo por diversas vezes assumido desde cargos inerentes ao próprio DFTE, por exemplo, a coordenação do curso de Graduação em Física, a coordenação do Programa de Pós-Graduação em Física, a chefia do Departamento de Física, como também cargos de maior envergadura dentro da UFRN, por exemplo, a direção do CCET e a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

Fora dos muros da UFRN, graças à experiência adquirida ao longo dos anos, estes pesquisadores têm participado de decisões regionais e nacionais através de participações importantes no Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia do RN, Fundação de Amparo a Pesquisa do RN, Diretoria da Sociedade Brasileira de Física, Presidência da Sociedade Brasileira de Astronomia, Comitê de Assessoramento do CNPq, Comissão de Avaliação da Capes, Comitê Gestor do CT-PETRO, Diretoria do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação.